fbpx

Entrar

Atas do DEPECO

ATA ASSEMBLÉIA MAIO 1996

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO DEPARTAMENTO DE ECOCARDIOGRAFIA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA, REALIZADA NA CIDADE DE SÃO PAULO, SP, EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO ÀS 20:00 HORAS DO DIA3 (TRÊS) DE MAIO DE 1996, POR OCASIÃO DO 8o CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOCADIOGRAFIA. ABERTA A SESSÃO PELO PRESIDENTE, DR. CARLOS OLIVEIRA LIMA, PASSOU-SE À LEITURA DA ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAODINÁRIA REALIZADA NO RIO DE JANEIRO, EM 30 DE ABRIL DE 1995, PELO SECRETÁRIO DO DEPARTAMENTO , DR. JOSÉ MARIA DEL CASTILLO.

LIDA, TAMBÉM, A ATA DE INAUGURAÇÃO DA SEDE DO DE, REALIZADA EM SÃO PAULO, EM 22 DE JULHO DE 1995.

APÓS A LEITURA DAS ATAS, HOUVE APROVAÇÃO UNANIME PELO PLENÁRIO. O TESOUREIRO DO DE, DR. JOSÉ LÁZARO DE ANDRADE, INFORMOU QUE, APÓS TER RECEBIDO R$ 47.000,00 (QUARENTA E SETE MIL REAIS) DA ANTERIOR ADMINISTRAÇÃO, A SITUAÇÃO ATUAL É A SEGUINTE: SALDO EM CAIXA: R$ 44.930,00 (QUARENTA E QUATRO MIL,NOVECENTOS E TRINTA REAIS); ADIANTAMENTO PARA O DR. FERNANDO SANTANA ORGANIZAR O CONGRESSO MUNDIAL DE ECOCARDIGRAFIA EM 1998: R$6.500, 00 (SEIS MIL E QUINHENTOS REAIS); ADIANTAMENTO PARA O DR. ALFONSO BARBATO REALIZAR O 8o CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOCARDIOLOGIA; R$1.000,00 (HUM MIL REAIS); ARRECADADOS DURANTE O 8o CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOCARDIOGRAFIA (NOVOS SÓCIOS E PAGAMENTOS DE ANUIDADES): R$9.272,00 (NOVE MIL NOVECENTOS E SETENTA E DOIS REAIS).

O DR. ANDRADE INFORMOU, ADEMAIS, QUE TODAS AS CONTAS DO DE, ATÉ MARÇO DE 1996, FORAM ANALIZADAS E PROVADAS PELA SBC. COM A ABERTURA DA SEDE EM SÃO PAULO, O DE ESTÁ TRANSITANDO PARA OBTER UM CGC (USARIA O MESMO CGC DA SBC COM TERMINAÇÃO DE SÃO PAULO). AO SEGUIR, O PRESIDENTE, DR. CARLOS LIMA, INFORMOU OS PRESENTES O RESULTADO DA APURAÇÃO DA ELEIÇÃO PARA A NOVA DIRETORIA DO DE, REALIZADA NO HORÁRIO DE 13:00 ÀS 18:00 HORAS, DA CORRENTE DATA, CONFORME O ESTATUTO DO DE: CHAPA DO DR. JORGE MOLL FILHO: 305 VOTOS; CHAPA DO DR. ALFONSO BARBATO: 85 VOTOS; BRANCOS E NULOS: 5 VOTOS; TOTAL: 395 VOTANTES. O DR. CARLOS LIMA, EM NOME DA ATUAL DIRETORIA, DESPEDIU-SE E DESEJA VOTOS DE SUCESSO AO DR. JORGE MOLL. DR. JOSÉ MARIA DEL CASTILLO-SECRETÁRIO.

O DR. JORGE MOLL FILHO ASSUMIU A PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLÉIA COMUNICANDO A NOVA DIRETORIA:

VICE-PRESIDENTE, DR. CLÁUDIO PEREIRA DA CUNHA;
SECRETÁRIO, DR. JOSÉ MARIA DEL CASTILLO;
TESOUREIRO, DR. ARMANDO CONTISANO (QUEM NÃO SE ENCONTRAVA PRESENTE POR MOTIVOS PESSOAIS);
EDITOR DA REVISTA DE ECO, DRAS. VERA GIMENEZ E MÁRCIA BARBOSA.

O DR. JORGE MOLL EXPRESSOU QUE A MANUTENÇÃO DO DR. CASTILLO NA SECRETÁRIA DO DE DEVE-SE AO MOTIVO DE CONHECER O REGULAMENTO, ADEMAIS DE MORAR NA MESMA CIDADE DA SEDE DE. AGRADECEU AOS QUE CONFIARAM O DE A SUA ADMINISTRAÇÃO ATRAVÉS DO VOTO, ASSIM COMO À SUA EQUIPE E COMENTOU QUE, SENDO O DE DA SBC O SEGUNDO MAIOR DEPARTAMENTO DE ECOACDIOGRAFIA DO MUNDO EM NÚMEROS DE SÓCIOS, FARÁ UMA ADMINISTRAÇÃO VOLTADA À MODERNIZAÇÃO DO MESMO. LEMBROU O EXCELENTE TRABALHO QUE VEM SENDO REALIZADO PELA DRA. VERA GIMENEZ NA REVISTA DE ECO, A QUAL ENCONTRA-SE EM FASE DE INDEXAÇÃO. A SEGUIR, TOMOU A PALAVRA A DRA. VERA GIMENEZ, QUEM COMUNICOU QUE PARA SER INDEXADA A REVISTA DEVE CIRCULAR ININTERRUPTAMENTE DURANTE 2 (DOIS) ANOS. SOLICITOU AOS MEMBROS DO DE O ENVIO DE TRABALHOS PARA PUBLICAÇÃO E DISSE QUE FEZ O POSSÍVEL, DURANTE A SUA GESTÃO, PARA NÃO PUBLICAR TRABALHOS QUE LEVASSEM SEU NOME. DEPOIS DE INDEXADA A REVISTA, PASSARÁ A PUBLICAR NA MESMA. A SEGUIR, A DRA. MÁRCIA BARBOSA ANUNCIOU À ASSEMBLÉIA QUE SOLICITARÁ A COLEGAS DO EXTERIOR ARTIGOS DE REVISÃO QUE SERÃO TRADUZIDOS E PLUBICADOS NA REVISTA. O PRESIDENTE, DR, JORGE MOLL, SOLICITOU QUE TODAS AS SUGESTÕES E CRITÍCAS SEJAM ENVIADAS POR ESCRITO PARA O DE. COMUNICAR, TAMBÉM, QUE IRÁ AUMENTAR O CORPO ELEITORAL DA REVISTA DE ECO. IRÁ REVERTER EM BENEFÍCIOS O QUE O ASSOCIADO PAGA EM ANUIDADES. A CONTINUAÇÃO FOI SOLICITADA, UMA MOÇÃO DE RECONHECIMENTO E UMA SALVA DE PALMAS PELO TRABALHO REALIZADO PELO DR. CARLOS LIMA E MEMBROS DA DIRETORIA ANTERIOR. ABRIU-SE A PAUTA PARA OS TEMAS DE INTERESSE GERAL. O DR. ELOY FILHO, PRESIDENTE DO SIMPÓSIO DE ECOCARDIOGRAFIA QUE SERÁ REALIZADO EM FORTALEZA, COMENTOU A DIFICULDADE DE OBTER O APÓIO DOS PATROCINADORES DEVIDO AO EXCESSO DE EVENTOS. O DR. JORGE MOLL RESPONDEU QUE PODERIAM APROVEITAR OS SIMPÓSIOS PARA REALIZAR CURSOS DE CARDIOPEDIATRIA, ECO DE STRESS, ETC…, APROVEITANDO OS CONVIDADOS NACIONAIS. A DRA. MÁRCIA BARBOSA DISSE QUE SERIA INTERESSANTE OS SIMPÓSIOS SEREM NO MESMO LOCAL DA REALIZAÇÃO DOS CONGRESSOS DA SBC (QUANDO HOUVESSE CONCORDANCIA DE DATAS) O QUE FACILITARIA ÀS EMPRESAS DE TRANSPORTE DOS EQUIPAMENTOS. O DR. CLÁUDIO PEREIRA DA CUNHA COLOCARIA UM CURSO PRÉ-CONGRESSO DE ECOCARDIOGAFIA NOS CONGRESSOS DA SBC, OS QUAIS SERIAM CO-PATROCINADOS PELA MESMA. A DRA. PAULA PIMENTEL, (RJ) DISSE QUE O SIMPÓSIO PRÉ-CONGRESSO NÃO RESOLVERIA O PROBLEMA DA FALTA DE PARTICIPAÇÃO DOS ECOCARDIOGRAFISTAS NO CONGRESSO DA SBC. O DR. JORGE MOLL DISSE QUE SERIA UMA FORMA DE APROVEITAR MELHOR OS CONVIDADOS E ESTRANGEIROS QUE PARTICIPAM DO CONGRESSO DA SBC. O DR. WASHINGTON ARAÚJO, (RJ), DISSE QUE O PERFIL DOS ATUAIS CONGRESSOS DA SBC É VOLTADO PARA O CLÉRICO, SENDO FUNDAMENTAL A COLOCAÇÃO DE ALGUM MEMBRO DO DE NA COMISSÃO CIENTÍFICA DA SBC. A DRA. MÁRCIA BARBOSA DISSE QUE SENDO O MAIOR DEPARTAMENTO DA SBC, DEVEMOS FAZER NOTAR A NOSSA PRESENÇA. COLOCADO EM VOTAÇÀO, FOI APROVADA A REALIZAÇÃO DE UM SIMPÓSIO PRÉ-CONGRESSO DA SBC. OS SIMPÓSIOS DESVINCULADOS AO CONGRESSO DA SBC INCLUIRÃO CURSOS ESPECIFÍCOS. O DR. ROGÉRIO TASCA, (RJ), MANIFESTOU A NECESSIDADE DE SEPARAR AS DATAS DO CONGRESSO DE ECO, DO CONGRESSO DE RADIOLOGIA, QUE SEMPRE COINCIDEM DIFICULTANDO AS ATIVIDADES DAS EMPRESAS PATROCINADORAS. DEVERÁ SER ESTABELICIDO UM CALENDÁRIO INTERNO. O DR. JORGE MOLL COMUNICOU QUE O DR. FLÁVIO VELHO, MEMBRO DO CONSELHO DELIBERATIVO, FOI NOMEADO REPRESENTANTE DO DE JUNTO À SBC PARA RESOLVER O PROBLEMA DA CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA. O DR. CARLOS EDUARDO SILVA, (SP), REPRESENTARIA O DE JUNTO À ISCU (INTERNATIONAL SOCIETY OF CARDIAC ULTRASOUND) E AO DR. WANIN NANDA PARA OBTER DESTA SOCIEDADE A REDUÇÃO DOS CUSTOS DAS INSCRIÇÕES NOS SEUS CONGRESSOS, A PARTICIPAÇÃO DE MEMBROS DO DE COMO AUTORIA EM REVISTAS ESTRANGEIRAS E EM UM VIDEO JORNAL INDEXADO. O DR. JORGE MOLL CRIARÁ UMA COMISSÃO ENCARREGADORA DE REGULAMENTO OS VALORES DOS EXAMES COMO ECO DE STRESS, VASCULAR, ETC…, O DR. THEVENRARD, (SP), DISSE QUE DEVERIA SER CONDIÇÃO EXIGIDA PELO REGULAMENTO DO PRÊMIO BERGER A OBJETIVIDADE DE PUBLICAR O TRABALHO NA REVISTA DE ECO. O DR. FLÁVIO REICH, (RS), COMUNICOU DE A AMB AUMENTARA O CHR PARA R$0,30, FICANDO O VALOR DA CONSULTA EM R$ 39,90. SOLICITOU QUE ALGUM MEMBRO DO DE ACOMPANHE A ELABORAÇÃO DE UMA NOVA TABELA. O DR. JORGE MOLL CONVOCOU PARA COMPOR A COMISSÃO DE HONORÁRIOS OS DRS. CARLOS LIMA E CLÁUDIO PEREIRA DA CUNHA. O DR. ELOY FILHO AGRADECEU À DIRETORIA ANTERIOR PELO APÓIO AO SIMPÓSIO DE FORTALEZA E PEDIU UMA SALVA DE PALMAS. SOLICITOU, ADEMAIS, A REALIZAÇÃO DA PROVA PARA O CERTIFICADO DE HABILITAÇÃO EM ECOCARDIOGRAFIA, DURANTE O SIMPÓSIO, ASSIM COMO O DE SUBVENCIONAR OS CUSTOS DE TRABALHO E ESTADIA DA COMISSÃO DE ENSINO. O DR. JORGE MOLL, PRÉVIA CONSULTA AO PLENÁRIO, APROVOU ESTAS SOLICITAÇÒES. O DR. WILTON MATHIA, (SP), LEMBROU DA NECESSIDADE DE AUMENTAR OS HONORÁRIOS DO ECO DE STRESS. CONCLUIDA A DISCUSSÃO DOS TEMAS, ÀS 21:20 HORAS FOI ENCARRADA A ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA. JOSÉ MARIA DEL CASTILLO – SECRETÁRIO DE.