fbpx

Entrar

Atas do DEPECO

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO DEPARTAMENTO DE ECOCARDIGRAFIA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA (SÃO PAULO, 29 DE MAIO DE 1990 ÀS 19:30 HORAS EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO).

A ASSEMBLÉIA DURANTE O II CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOCARDIOGRAFIA FOI ABERTA PELO Sr. PRESIDENTE DO DEPARTAMENTO Dr. JUAREZ ORTIZ QUE FEZ UM BREVE RELATO DE SUA GESTÃO AGRADECENDO A TODOS OS MEMBROS DO DEPARTAMENTO PRESENTES E AUSENTES POR TODA A COLABORAÇÃO RECEBIDA DURANTE ESTE PERÍODO. EM SEGUIDA PASSOU-SE A ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA. O VICE-PRESIDENTE PARTICIPOU A TODOS OS PRESENTES QUE APENAS UMA CHAPA COM A SEGUINTE CONSTITUIÇÃO APRESENTOU-SE EM TEMPO HÁBIL PARA CONCORRER AS ELEIÇÕES PARA A NOVA DIRETORIA DO (DE)

PRESIDENTE – Dr. FERNANDO ANTONIO PORTUGAL MORCERF, SÓCIO No. 32 DO DEPARTAMENTO, DO ESTADO DO R.J.

VICE-PRESIDENTE – Dr. CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA LIMA, SÓCIO No. 184 DO DEPARTAMENTO, DO ESTADO S.P.

SECRETÁRIO – Dr. HELDER M. PAUPERIO, SÓCIO No. 284 DO DEPARTAMENTO, DO ESTADO DO R.J

TESOUREIRO- Dr. JONAS TALBERG SÓCIO No. 279 DO DEPARTAMENTO, DO ESTADO DO R.J.

PARA O CONSELHO DELIBERATIVO NESTA CHAPA ENCABEÇADA PELO Dr. FERNANDO MORCERF FORAM;

PRESIDENTE Dr. JOSE CARLOS DE ARAÚJO SÓCIO No. 110, DO ESTADO DO R.S.

Dr. AFONSO MATSUMOTO SÓCIO No. 2, DO ESTADO DE S.P.;

Dr. ALFONSO BERBATO SÓCIO No. 161, DO ESTADO S.P.;

Dr. SERGIO CUNHA PONTES JR. SÓCIO No 232, DO ESTADO S.P.;

Dr. DJAIR BRINDEIRO SÓCIO No. 44, DO ESTADO PE;

Dr. ARMANDO LUIS CANSTISANO SÓCIO No. 227, DO ESTADO R.J.;

Dr. OSCAR FRANCISCO SANCHEZ OSELLA SÓCIO No. 54, DO D.F.;

Dr. CAIO CÉSAR JORGE MEDEIROS SÓCIO No. 220, DO ESTADO DE S.P.

APÓS A LEITURA DE TODOS OS NOMES PROCEDEU-SE A ELEIÇÃO SENDO ESTA CHAPA ELEITA, COM UNÂNIME APROVAÇÃO DE TODOS OS PRESENTES. FOI IMEDIATAMENTE DADA POSSE À NOVA DIRETORIA QUE A PEDIDO DO Dr. JUAREZ ORTIZ PASSOU A PRESIDIR OS TRABALHOS PASSANDO-SE A ASSUNTOS DE INTERESSE GERAL: O Dr. JOSE MARIA DEL CASTILLO SUGERIU QUE O PRÓXIMO CONGRESSO DO DEPARTAMENTO SEJA REALIZADO EM BELO HORIZONTE E PRESIDIDO PELO Dr. FERNANDO SANTANA O QUE FOI APROVADO PELA UNANIMIDADE DOS PRESENTES.

Dr. JUAREZ ORTIZ SUGERIU QUE SEJAM PROGAMADOS 2 CONGRESSOS COM ANTECEDÊNCIA PRINCIPALMENTE EM FUNÇÃO DOS CONVIDADOS ESTRANGEIROS E QUE OS CONGRESSOS ANUAIS SEJAM CONCENTRADOS NA REGIÃO CENTRAL DO PAÍS (RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO, BELO HORIZONTE) DEIXANDO PARA AS REGIÕES EXTREMAS OS SIMPÓSIOS E CONCLAVES. QUE VOLTANDO O CONGRESSO PARA O RIO DE JANEIRO EM 1992, SEJA O Dr. JORGE MOLL O PRESIDENTE. Dr. DJAIR BRINDEIRO CONCORDOU COM AS PALAVRAS DO Dr. JUAREZ NÃO SÓ QUANTO AO CONGRESSO DE 92 NO RIO DE JANEIRO SOB A PRESIDÊNCIA DO Dr. JORGE MOLL. MAS TAMBÉM EM RELAÇÃO AO LOCAL DO CONGRESSO (RIO, B.H. E S.P.) E OS SIMPÓSIOS: Dr. BARBATO CONCORDOU COM O QUE FOI DITO APOIANDO Dr. MOLL PARA A PRESIDÊNCIA DO CONGRESSO DE 1992. Dr.MARCO AGUIAR DO RECIFE TAMBÉM APOIOU O Dr. MOLL E ESCLARECEU QUE NO FUTURO EM CERCA DE 3 A 5 ANOS, RECIFE TERÁ CONDIÇÕES DE SEDIAR O CONGRESSO; DR, CLAUDIO PEREIRA DA CUNHA TAMBÉM CONCORDOU COM O QUE FOI DITO INCLUSIVE QUANTO A ANTECEDÊNCIA DE 2 ANOS NA ORGANIZAÇÃO ENTÃO SENDO O NOME DO Dr. MOLL PARA O CONGRESSO DO RIO. ESTES TÓPICOS FORAM POSTOS EM VOTAÇÃO E APROVADO POR UNANIMIDADE:

I) QUE OS CONGRESSOS SEJAM REALIZADOS EM RIO, SÃO PAULO E BELO HORIZONTE E OS SIMPÓSIOS EM OUTRAS REGIÕES.

II) QUE O Dr. JORGE MOLL SEJA O PRESIDENTE DO CONGRESSO DE ECOCARDIOGRAFIA A REALIZAR-SE NO RIO EM 1992. Dr. CLAUDIO SUGERIU QUE PARA O FUTURO SEJA ANUAL A PRESTAÇÃO DE CONTAS DA DIRETORIA. FEZ AINDA UMA SUGESTÃO PARA SER INCORPORADA NAS PRÓXIMAS REUNIÕES DE QUE SEJA MUDADO O ESTATUTO PARA QUE HAJA UM CONSELHO FISCAL. POR FIM SOLICITOU UMA SALVA DE PALMAS PARA A DIRETORIA QUE TÃO HARMONIOSAMENTE DIRIGIU O DEPARTAMENTO POR 2 ANOS, NO QUE FOI ATENDIDA. Dr. JUAREZ ORTIZ, A TÍTULO DE ESCLARECIMENTO INFORMOU QUE ESTÁ PREVISTA A PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL. INFORMOU QUE ANTES DO CONGRESSO HOUVE CERCA DE Cr$2.100.000,00 EM CAIXA E QUE SERIA ENVIADO PRESTAÇÕES DE CONTAS E RELATÓRIO PARA A TODOS SÓCIOS NO FUTURO. Dr. FERNANDO MORCEF ESCLARECEU QUE QUANDO TIVER AS CONTAS ELAS SERÃO ENCAMINHADAS AOS SÓCIOS. Dr. BARBATO SUGERU QUE A REVISTA DO DEPARTAMENTO TIVESSE UMA FOLHA DE COMUNICAÇÃO ENTRE OS SÓCIOS DO DEPARTAMENTO, TIPO NEGÓCIO E OPORTUNIDADES. Dr. FERNANDO SANTANA LEMBROU QUE NA PRÁTICA TUDO PODERIA NÃO ALCANÇAR OS OBJETIVOS PELA PERIORICIDADE DA REVISTA. E QUE O PRÓPRIO DEPARTAMENTO TEM ARQUIVO ORGANIZADO DE QUE O SÓCIO PODE-SE SERVIR OU ATÉ MESMO DA POSTAGEM DO DEPARTAMENTO. UMA COMUNICAÇÃO ATRAVÉS DA REVISTA PODERÁ AUMENTAR SEUS CUSTOS. INFORMOU AINDA QUE A REVISTA TEM AUTONOMIA FINANCEIRA E QUE A MANUTENÇÃO DA PUBLICAÇÃO É MUITO CARA, SENDO O FORMATO ATUAL O DE MENOR CUSTO. ACRESCENTAR UM ASSUNTO NÃO CIENTÍFICO PODE MUDAR MUITO O PROJETO GRÁFICO SENDO MELHOR PARA QUE O DEPARTAMENTO CRIE CONDIÇÒES DE VINCULAR COMUNICAÇÕES ENTRE OS ASSOCIADOS. APÓS AS PALAVRAS DO Dr. FERNANDO SANTANA, FOI ENCERRADA A REUNIÃO PELO Sr. PRESIDENTE FERNANDO MORCERF. ASSINADO Dr. HELDER MACHADO PAUPÉRIO. SECRETÁRIO.