fbpx

Entrar

Atas do DEPECO

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO DEPARTAMENTO DE ECOCARDIOGRAFIA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA – ESTAÇÃO EMBRATEL CONVENTION CENTER – CURITIBA-PR

Aos vinte e nove dias do mês abril de dois mil e cinco reuniram-se em Assembléia Geral Ordinária no auditório do Estação Embratel Convention Center, em Curitiba, a Diretoria e membros associados do Departamento de Ecocardiografia da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Às 19:30h. em segunda convocação foi aberta a Assembléia Geral Ordinária conforme convocação da Presidência.

A Ata conforme acordado foi colocada no site do Departamento para apreciação dos associados. Como não houve manifestação da platéia para modificá-la, a Ata foi aprovada.

A seguir o Sr. Presidente tomou a palavra para explanar sobre os resultados financeiros. Primeiramente falou que ao assumir a presidência havia no caixa R$ 1.103.290,99. Foi estabelecido que não haveria reajuste de preços para o ano de 2005.

Quanto ao Congresso de Ecocardiografia de 2005 ficou estabelecido que o reembolso das passagens aéreas dos convidados se limitaria ao que ultrapassasse o valor máximo de R$ 600,00.

Quanto às despesas com festas do Congresso, existe sempre uma pré-programação que limita os custos com festas e jantares.

Foi anunciado um total de inscrições de 1020 congressistas em Curitiba, motivo do Sr. Presidente solicitar aos presentes uma salva de palmas para o Dr.Cláudio Pereira da Cunha, presidente do Congresso em Curitiba.

Foi anunciado também pelo Sr. Presidente que os resultados financeiros não foram maiores porque na realidade já foram pagas as despesas relativas ao próximo Congresso em São Paulo (espaço do Hotel Mélia e 300 diárias para os palestrantes).

Os presentes por aclamação votaram pela aprovação das contas.

Antes de passar para o próximo tema da pauta o Sr. Presidente alertou aos presentes que em casos de dúvidas que consultem o novo Regimento Interno, que vigora desde 01/01/2005, no site do Departamento. A seguir o Sr. Presidente explicou que em virtude da adequação dos Regimentos dos Departamentos ao da SBC, a atual Diretoria terá mandato de 3 anos.  Ficou estabelecido também que em dois de julho de dois mil e cinco será encerrada a inscrição de chapas pra a presidência futura do Depeco.

Dr. Cláudio Pereira alertou que segundo a AMB a orientação é que os mandatos passem a ser de 3 anos.

Dr. Carlos Eduardo Suaide pediu a palavra para explicar que a mudança do Depeco é apenas para a adequação a SBC, e que a SBC ainda não tem mandatos de 3 anos.

A seguir passou-se para o próximo item que se refere às Cidades Postulantes a Sede do XIX Congresso. Foram recebidas propostas de : Florianópolis, Uberlândia, Salvador, Maceió e Natal. A análise das cidades mostra que todas têm viabilidade de abrigar o Congresso em abril de 2007. Em virtude da distribuição geográfica das Sedes dos últimos Congressos, o Conselho Deliberativo orientou que o Congresso vá para a região  Norte/Nordeste.

Por fim o Sr. Presidente anunciou que via internet os associados poderão votar e decidir se o Congresso será em Maceió ou Natal.

Dr. Carlos Eduardo Suaide pediu a palavra e lembrou que na AGO passada decidiu que se votasse via internet nas cidades considerada aptas pelo Depeco, a menos que algumas das cidades retirassem suas candidaturas.

Dr. Djair Brindeiro pediu a palavra destacou que uma cidade não faz proposta, e sim um associado é que manda a proposta em nome de uma cidade.

Destacou-se também a importância que haja a alternância entre as cidades do eixo/cidade do norte-nordeste/eixo/cidade do centro-sul. Essa proposta foi referendada pela AGO.

O Dr. André Oliveira – BA pediu para fazer um breve histórico da Sociedade Baiana. Hoje existe na Bahia um Departamento de Ecocardiografia subordinado a SBC-Bahia. Esse Departamento vem trabalhando há cerca de 3 meses para que o Congresso possa se realizar na Bahia.

O Dr. Jorge Moll relembra que o “eixo” foi formado quando dos primeiros Congressos. Ele ressalta que uma vez escolhida a cidade a regional deve indicar o Presidente, e caso não o faça o Depeco decide.

Dr. Djair Brindeiro sugeriu que os sócios adimplentes do Depeco do estado da cidade escolhida determinem o Presidente.

A seguir o Dr. Edmundo Câmara pediu que se mantivesse o critério da escolha das cidades via internet entre as qualificadas pelo Depeco. Ao mesmo tempo em que ratificou que não há intenção de Salvador retirar sua candidatura ao Congresso de 2007.

Dr. Henry Abensur – SP falou que acredita que o Depeco deva escolher o Presidente do Congresso.

Dr. Domingos Freire – BA destacou a importância que se respeite às decisões das Assembléias anteriores.

Dra. Márcia Barbosa ressalta a importância de todos os membros associados do estado votarem.

Dr. André Oliveira pediu que se votasse se o “eixo” é composto pelas cidades ou pelos estados.

Dr. Oscar Osella – DF pediu que o Depeco considerasse na escolha da cidade a representatividade da cidade dentro da Ecocardiografia.

Dr. Cláudio Fischer – SP pediu que a partir das próximas eleições seja votado que o eixo é de cidades ou estados.

A Assembléia decidiu que serão considerados congressos no eixo os congressos nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A AGO ratificou a decisão do Depeco que as cinco cidades postulantes sejam colocadas na internet para votação.

A AGO decidiu que os sócios adimplentes do estado da cidade escolhida é que elegerão o presidente.

Dra. Márcia Barbosa preocupando-se com a representatividade das assembléias, sugeriu que se constitua delegados com mais representatividade.

Dr. Rodrigo Barretto solicitou que o Depeco atue nas tabelas defendendo os valores dos exames. Dessa forma ele sugere que o Depeco mande cartas aos associados da SBC pedindo que eles solicitem somente exames com Doppler em cores.

Nada mais tendo a acrescentar, Dr. Jorge Eduardo Assef declarou encerrada a Assembléia às 21:10h, da qual eu Washington Barbosa de Araújo, na qualidade de Secretário, lavrei a presente, que vai por mim assinada e pelo Presidente.

Dr. Jorge Eduardo Assef Dr. Washington Barbosa de Araujo
Presidente Diretor Administrativo